Deixe um comentário

Uma biblioteca sem livros

Você já imaginou como seria uma biblioteca sem livros? Se a ideia soa um pouco estranha por um lado (considerando que a própria palavra “biblioteca” deriva de uma combinação das palavras gregas para “livro” e “depósito”), por outro a imagem de uma biblioteca que se distancia do mundo físico e se concentra mais no mundo virtual já não é tão distante da realidade que vemos hoje. Ainda assim, uma biblioteca totalmente sem livros parece coisa de ficção científica, certo? Errado!

A Cushing Academy, histórica instituição de ensino dos Estados Unidos, resolveu transformar sua tradicional biblioteca em um moderno centro de ensino que não usa um único livro em papel. Ao invés disso, a instituição começou a substituir seu acervo de 20 mil itens impressos por leitores digitais, computadores portáteis para estudantes e  TVs de tela plana, a partir de um investimento de cerca de US$ 500 mil. No lugar do balcão de empréstimo, uma cafeteria onde os estudantes podem tranquilamente ler um jornal (digital, claro) e tomar um saboroso capuccino…

Estantes sem livrosCushing Library

Será que no futuro as bibliotecas serão totalmente virtuais? A biblioteca tradicional tal como a conhecemos hoje,  formada por milhares de livros em papel e outros materiais impressos, está perto do fim? Responda a nossa enquete aqui.

Veja também:

Overeager futurism at Cushing: http://www.boston.com/bostonglobe/editorial_opinion/editorials/articles/2009/09/07/overeager_futurism_at_cushing/

Post no blog Web Librarian: http://wl.blog.br/archives/1685

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: