14 Comentários

Como usar as bibliotecas da USP em 2011

O ano de 2010 ainda nem acabou, mas já podemos dizer que o de 2011 será cheio de novidades para quem frequenta as bibliotecas na universidade. No último dia 01 de outubro de 2010, foi publicada em diário oficial a portaria GR 4830, que regula nada mais nada menos que o Empréstimo de material bibliográfico das Bibliotecas da USP. O regulamento passa a valer para todas as bibliotecas a partir do dia 01 de fevereiro de 2011, e, dentre outras coisas, institui a possibilidade de um aluno USP fazer renovações e reservas pela Internet, além de usar a própria carteira USP para fazer empréstimos em qualquer biblioteca do sistema, acabando com o famigerado EEB – Empréstimo entre Bibliotecas. Para as bibliotecas, também haverá uma enorme mudança operacional, já que todas passarão a usar o mesmo sistema de empréstimo, o Aleph 500 v.18.

Veja abaixo um resumo dos principais pontos deste regulamento:

Inscrição

Todo aluno de graduação, pós-graduação, funcionário ou docente da USP será automaticamente inscrito no sistema. O cadastro permanecerá ativo enquanto durar o vínculo com a universidade. Mas atenção: para começar a emprestar livros, você deve antes validar o seu cadastro, pessoalmente, na sua biblioteca de origem. Para isso, você deve apresentar a carteira USP e comprovante de residência, para que a biblioteca faça uma conferência dos dados importados da Reitoria.

 Empréstimo

Os prazos e número de itens para empréstimo mudaram bastante. Observe:

Graduação: podem emprestar até 10 itens, por 10 dias.

Pós-graduação: podem emprestar até 15 itens, por 20 dias.

Docentes: podem emprestar até 20 itens, por 30 dias.

Funcionários: podem emprestar 10 itens, por 10 dias.

Atenção: o limite de itens é único. Assim, se você for aluno de graduação e tiver emprestado 6 itens na biblioteca da FFLCH, poderá pegar mais 4 itens em qualquer outra biblioteca da USP. Atingindo o limite de 10, não poderá mais fazer outro empréstimo enquanto não fizer a devolução de um dos itens.

Devolução

A devolução deve ser feita na mesma biblioteca em que foi feito o empréstimo.

Renovações

Pela Web (depois daremos mais instruções a respeito), será possível fazer até três renovações, desde que não haja reserva. Na quarta tentativa, o sistema automaticamente bloqueia a solicitação, sendo necessário que o usuário traga o livro até a biblioteca de origem. Não adianta vir sem o livro, pois precisaremos do material em mãos para fazer a renovação.

Reservas

É possível fazer a reserva de itens que estiverem emprestados, pela própria Web. O próprio sistema informará ao usuário (por e-mail e pela conta pessoal no Dedalus) quando o item retornou para a biblioteca. Só é possível reservar o que já está emprestado, ok?

Penalidades

Muita atenção neste ponto, já que ele é provavelmente o que mais trará mudanças para os usuários de bibliotecas da USP. A penalidade para quem atrasar a devolução ou renovação de livros é de 1 dia por cada item emprestado. Assim, se você tiver feito o empréstimo de 10 livros e atrasar 2 dias, ficará 20 dias suspenso. Quanto maior o atraso e maior a quantidade de itens, mais tempo você ficará impedido de realizar novos empréstimos.

Também não haverá mais dia de tolerância. Assim, 1 dia de atraso já constituirá um impedimento automático para renovação de livros.

Da mesma forma, vale lembrar que, se você for suspenso em uma biblioteca da USP, estará suspenso automaticamente em todas as outras bibliotecas. Quando terminar a sua suspensão, a liberação é também é automática.

Se estas novas regras assustam um pouco, saiba que, para todas as operações (devolução, renovação, reserva) será emitido um aviso direcionado para o e-mail do usuário. Quem tiver itens emprestados, receberá um aviso de devolução/renovação 2 dias antes do prazo final, e também na própria data de vencimento do empréstimo.  Portanto, abra sempre o seu e-mail e fique atento às notificações.

Como já dissemos acima, todas essas mudanças entrarão em vigor em 01 de fevereiro de 2011. Até lá, vale o regulamento atual. Pedimos a colaboração de todos para que a transição para as novas regras e o novo sistema aconteca de forma tranquila. Em breve, mais informações.

Anúncios

14 comentários em “Como usar as bibliotecas da USP em 2011

  1. O que muitas pessoas não estão sacando é que o sistema está uniformizando as bibliotecas. As práticas hoje são diferentes de biblioteca para biblioteca.

    Enquanto para alguns um dia de suspensão por livro, por dia de atraso é severa, para outros é um alívio. Nas bibliotecas do campus de São Carlos por exemplo, a punição era uma multa de 50 centavos por livro por dia de atraso, e no IFSC *sua matrícula semestral era recusada* se houvesse multa pendente.

    Eu já paguei 30 reais de multa porque atrasei 15 livros por 4 dias (estava viajando e tive que ficar 4 dias a mais no destino por que o nosso transporte quebrou).

    Em outras bibliotecas atrasar apenas um livro já incorria em 15 dias de suspensão automaticamente, e aumentava ainda mais em caso de recorrência de atraso. E em todas as bibliotecas que eu usei a renovação sempre era apenas presencial e exigia que se levassem os livros.

    A reformulação tem que ser algo razoável para todas as bibliotecas, então se a sua era permissiva com atraso, vai ficar um pouco mais rígida, se a outra era rígida demais, vai ficar um pouco mais razoável. Todo processo de uniformização é assim ué.

    Além disso, o que as pessoas não estão sacando é que você *não precisa levar todos os livros de uma vez para renovar*. Você pode renovar antes do prazo acabar, ué. Eu também morava longe da USP e também andava vários quilômetros a pé, e sempre retirava todos os livros que o limite permitia. Quando acontecia de um número grande de livros cair no mesmo dia de devolução, eu renovava alguns na véspera e outros no dia.

    Vocês não sabem do que estão reclamando. Eu estou na USP desde bem antes de existir um sistema eletrônico. Era muito, muito, muito pior.

  2. Gostaria de fazer uma sugestão à biblioteca. Hoje em dia algumas ferramentas como Zotero, EndNote e RefWorks permitem que se “capture” a informação bibliográfica de uma referência encontrada na página das bibliotecas (a Amazon e o Google Books também). Acho que a USP poderia fazer algo semelhante.

    Um exemplo de como isso funciona pode ser encontrado, em inglês, na página do Zotero: http://www.zotero.org/blog/bibliographies-and-syllabi-just-got-smarter/

    • Olá Raphael,

      Sua colocação é bastante interessante. A partir de 2011, o catálogo eletrônico (Dedalus) da USP passará por grandes reformulações, e talvez seja possível incrementar também este serviço. Vale tentar, não?

      Cordialmente,

      Aline Lima Gonçalves

  3. Acho que esse novo sistema pode facilitar muito, mas concordo com a arbitrariedade em adotá-lo sem colocar as regras em discussão com os usuários. Não se pode aceitar imposições apenas com a explicação que o sistema eletrônico é assim. Quem criou o sistema foi o homem, ou não?

    Os piores pontos são:

    1. Falta de tolerância em caso de atrasos e punições muito severas. Veja bem, sou aluno da pós e não vou para USP todo dia. Já aconteceu de por contingências eu planejar devolver livros na USP e não conseguir passar na Universidade. Apena um dia de atraso acarretaria em punição de 15 dias (se eu estiver com 15 obras)? Sinto muito, mas isso é muito severo!

    Se eu for renovar pela Internet na data limite e descobrir que a obra está reservada. Serei punido pelo fato de não poder comparecer na universidade na data limite?

    2. Obrigatoriedade de levar os livros na renovação quando precisar ser presencial. Moro em São bernardo do Campo e não tenho carro. Como é possível que eu consiga, caso esteja com mais de 4 ou 5 livros (dependendo do tamanho) levá-los todos até a universidade para cumprir uma burocracia. Sinto muito a sinceridade, mas esse tipo de burocracia é um desrespeito às pessoas.

    Uma dúvida: quando se fala em 10, 15 dias de empréstimo, são contados os sábados e domingos, ou apenas dias da semana?

    Acho o novo sistema algo muito bom, mas deve ser aprimorado e posto em discussão, e não vir de cima para baixo, forma como infelizmente as coisas sempre acontecem na nossa Universidade.

    Agradeço aos funcionários da Biblioteca Florestan Fernandes pela divulgação e pelo espaço, aqui, que pode ser importante para manifestar descontentamentos com o novo sistema. Mas espero que as nossas representações, tanto de funcionários, como professores e alunos, se manifestem pela aprimoração do novo sistema de empréstimo de obras.

  4. Não tenho de que reclamar, eu utlizava uma biblioteca horrorosa em que se podia emprestar até 3 livros no prazo de sete dias com renovação presencial com os livros em mãos e punição com multa de DOIS REAIS por livro e dia de atraso.

  5. Fora o desproporcional rigor das punições, que a propósito estão super na moda na Era Rodas, recebo muito positivamente estas modificações.

    Creio que, assim, a utilização da biblioteca se torna mais ágil e mais simples. Talvez o grande passo tenha sido a possibilidade de usar a web para certas operações – uma modernização necessária inclusive ao sistema de bibliotecas públicas da cidade.

  6. Lá na Física a gente já usa o Aleph, esse sistema. e eu conheço ele muito bem, obrigada, e é assim mesmo que funciona. Facilita horrores. 🙂

  7. Pode renovar pela internet. Acho que o senhor Boiko não entendeu muito bem.

    • Thiago,

      É isso mesmo, pode renovar pela Internet. A ideia do novo regulamento e do novo sistema é facilitar as coisas, e não complicar ainda mais.

      Aline Lima Gonçalves
      Biblioteca Florestan Fernandes

    • Só pode renovar pela internet 3 vezes. Na quarta vez não só tem que ir em pessoa, mas tem que levar os livros. Renovar pela internet eu já renovo, por email, e infinitas vezes (a menos, claro, que alguém reserve). A partir do ano que vem, por nenhum motivo que eu possa discernir (pra que programar o “sistema” com 3 renovações? tirar o if que mede renovações não levaria 10 minutos dos programadores), eu vou ter que trazer meus 10 livros uma vez por mês nas costas. Como não uso carro e venho pra USP de bicicleta, isso se torna bastante penoso.

      E antes que alguém venha falar que 10 livros é muito, já adianto que quem é da Letras sabe que a cota esgota fácil. Eu contei: só no ciclo básico (primeiro ano) foram exigidos cerca de 60 livros de bibliografia “básica”, por semestre.

  8. A idéia de facilitar o empréstimo em outras bibliotecas que não a da sua unidade de origem é ótima, mas a punição de acordo com o número de ítens é não só arbitrária – como disse o colega acima; também pode bloquear a vida acadêmica do aluno.

    Nessa sociedade das coisas-flash ninguém tem memória de Pe Viera; se eu tiver 10 livros e esquecer de renovar UM dia ficarei – mesmo que não haja reserva – 20 dias penalizado? A biblioteca deveria estimular a leitura ao invés de ficar com essa carolice, com esse rigor de bedel.

    • Olá, Anderson,

      Sim, a punição é pesada, mas não se esqueça de que você será avisado pelo menos duas vezes sobre o prazo de vencimento, automaticamente. Assim, os riscos de atrasar também são menores, não é mesmo?

      Aline Lima Gonçalves
      Biblioteca Florestan Fernandes

  9. A nova exigência de levar os livros em mãos para renovar me parece arbitrária e sem sentido, e é bastante incômoda para os membros da comunidade que não possuem carro. A USP deveria incentivar que se usem menos carros, não mais.

    • Leonardo,

      A exigência de levar os livros em mãos acontece somente após três renovações pela Web, e apenas porque o sistema não está programado para fazer uma quarta renovação consecutiva. Você terá de trazer o livro porque, para continuar com ele, a biblioteca terá de proceder à devolução e, depois disso, fazer um novo empréstimo.

      Aline Lima Gonçalves
      Biblioteca Florestan Fernandes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: