1 comentário

Exposição: Emigração ao Brasil pelo Sistema de Parceria

Exposições na Biblioteca Florestan Fernandes

A Biblioteca Florestan Fernandes da FFLCH-USP vem realizando exposições em suas dependências a respeito de literatura, história e outras áreas de conhecimento.

Desta vez, a Biblioteca Florestan Fernandes, em parceria com o Instituto Martius-Staden, promove até o dia 18 de julho, a exposição “Emigração ao Brasil pelo Sistema de Parceria”, que conta a vinda de imigrantes alemães e suíços para trabalhar nas fazendas de café em São Paulo.

A exposição foi complementada ainda com obras do acervo da Biblioteca que tratam do assunto, como livros, teses e artigos.

 

Sobre a exposição:

“Emigração ao Brasil pelo Sistema de Parceria”

Exposição originalmente produzida para o acervo permanente do BallinStadtAuswanderermuseum Hamburg, museu especializado em emigração situado em Hamburgo, agora recebe uma versão em português. A mostra foi feita pelo Instituto Martius-Staden, em parceria com o pesquisador José Eduardo Heflinger Jr.

Retrata o sistema de parcerias, promovido no século XIX pelo Senador Nicolau Pereira de Campos Vergueiro da perspectiva da emigração alemã.

Tal sistema de parceria era baseado em um acordo: o imigrante concedia ao proprietário das terras uma parte da colheita para pagar os gastos de sua viagem para o Brasil. Este sistema foi utilizado durante o declínio da utilização de mão-de-obra escrava e trouxe ao país cerca de 50 mil imigrantes europeus. Além de retratar o cotidiano dos imigrantes alemães e suíços, a exposição registra ainda a decadência desse sistema de parceria que culminou em um novo sistema de contratação por jornada de trabalho e a vinda dos imigrantes italianos.

Assim, a exposição mostra um pequeno panorama dos fatos históricos da construção do Estado de São Paulo.

 

Veja também a matéria:  

Serviço

Exposição: Emigração ao Brasil pelo Sistema de Parceria
Organização: Instituto Martius-Staden, em parceria com o pesquisador José Eduardo Heflinger Jr.
Local: Saguão Térreo da Biblioteca Florestan Fernandes, FFLCH-USP
Data: 18 de junho a 18 de julho de 2012
Horário: confira o horário de funcionamento da biblioteca 

Anúncios

Um comentário em “Exposição: Emigração ao Brasil pelo Sistema de Parceria

  1. Pois, esta revolta “Dos Parceiros” teve resultados de imigração em Santa Catarina, na região da Encosta da Serra a partir de Santa Isabel. Eram chamados de “Kaffeepflücker” -colhedores de café. Por causa da situação de parte do não cumprimento do acordo e da não aceitação dum sistema escravagista desses imigrantes, por recomendação do embaixador da Suiça, Johan Jacob Von Tschudi, com o aval do Imperador D. Pedro II, esses colhedores de café foram enviados para Santa Isabel, num período que vai entre 1840 a 1860.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: