3 Comentários

Mário Quintana

Em 30 de julho de 1906 nascia em Alegrete, RS, o poeta, tradutor e jornalista Mário de Miranda Quintana. Em 1940, ele lançou o seu primeiro livro de poesias, A Rua dos Cataventos (localização: 869.915 Q67r 2ed.), iniciando a sua carreira de poeta, escritor e autor infantil. Dentre suas obras infantis, a biblioteca da FFLCH possui a obra Pé de pilão (localização: 028.5 Q67p 6.ed).

Atuou também  tradutor, traduzindo mais de cento e trinta obras da literatura universal. Temos algumas de suas traduções na Biblioteca da FFLCH: O caminho de Guermantes (localização: 843 P962cP 3.ed) e No caminho de Swann (localização: 843 P962dP 21.ed.) ambos de Marcel Proust; e Ilusões perdidas de Honoré Balzac (localização: 843.7 B158iP 1981).

Monumento de Homenagem a Mário Quintana (dir) e a Carlos Drummond de Andrade, situado na Praça da Alfândega de Porto Alegre. Créditos: Obra de Francisco Stockinger. Foto: Ricardo André Frantz.

Em 1966, ele ganhou o Prêmio Fernando Chinaglia da União Brasileira de Escritores de melhor livro do ano. Em 1976, ao completar setenta anos, recebeu a medalha Negrinho do Pastoreio do governo do estado do Rio Grande do Sul. Em 1980, recebeu o prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, pelo conjunto da obra.

Anúncios

3 comentários em “Mário Quintana

  1. Favor incluirem o texto + crédito da imagem :
    Monumento a Mário Quintana (dir) e Carlos Drummond de Andrade, na Praça da Alfândega de Porto Alegre, obra de Francisco Stockinger.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: